• Ficha TécnicaVer detalhes

    Nome descritivo

    Construir e implementar o Currículo da Cidade de São Paulo em todas as unidades educacionais da Rede Municipal de Ensino

    Situação encontrada

    A proposta da Base Nacional Comum Curricular entrará em sua última fase de discussão, coordenada pelo Conselho Nacional de Educação, no primeiro semestre de 2017. A perspectiva é que sua aprovação ocorra até o fim desse ano, o que exigirá um processo de adequação dos currículos dos sistemas de ensino do país, para todos os níveis e modalidades da educação básica. Considerando o contexto nacional e a intensa produção de materiais pela Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, faz-se necessária a reorganização do atual currículo que abarque as importantes contribuições discutidas pela Rede.

    Resultados esperados

    Alinhar o trabalho pedagógico das unidades educacionais da Rede Municipal de Ensino com a nova proposta curricular, de modo a incidir na melhoria da qualidade da educação da cidade de São Paulo.

    Orçamento

    Recursos próprios Outros recursos
    Investimento R$ 0,0 milhões R$ 0,0 milhões
    Custeio R$ 15,0 milhões R$ 0,0 milhões
  • Execução OrçamentáriaVer detalhes

    Execução Orçamentária – 2017

    Recursos próprios Outros recursos Total
    Investimento R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões
    Custeio R$ 5,836 milhões R$ 0,000 milhões R$ 5,836 milhões
    Total R$ 5,836 milhões R$ 0,000 milhões R$ 5,836 milhões

    Para informações sobre os critérios para apuração da execução orçamentária, clique aqui.

    Informações Adicionais

    julho/2018

    Foram destinados R$ 5 milhões e 830 mil reais ao Projeto Currículo da Cidade de São Paulo, o que contemplou desde os processos de consulta pública para a atualização do Documento Curricular, assessorias, impressão e distribuição para as unidades educacionais, passando também pela elaboração, impressão e distribuição dos Cadernos de Orientação Didática aos professores e materiais de apoio aos estudantes. Houve uma variação em relação à previsão orçamentária inicial do Projeto, pois a execução do projeto incluiu, ao longo de 2017, não apenas o próprio Documento Curricular, mas também os referidos Cadernos de Orientação Didática e Materiais Didáticos. Vale também destacar que para o alcance do projeto, no que se refere à implementação do letramento digital em todas as unidades educacionais de Ensino Fundamental, parte significativa de seus custos estão contemplados no projeto CEU 21.

Linhas de Ação
  • 23.1 Construir o Currículo da Cidade de São Paulo de forma participativa, por meio de Grupos de Trabalho, seminários e consultas à comunidade educativa e à sociedade civil.

    Regionalização
    Suprarregional

    Marco
    Currículo da Cidade de São Paulo construído

    Status da Linha de Ação
    Concluída

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018


  • 23.2 Publicar e difundir o Currículo da Cidade de São Paulo para todos os profissionais da Rede Municipal de Ensino e para a sociedade em geral.

    Regionalização
    Suprarregional

    Marco
    Currículo publicado e divulgado

    Status da Linha de Ação
    Concluída

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018


  • 23.3 Formar os supervisores, diretores e coordenadores pedagógicos da Rede Municipal de Ensino para a implementação do Currículo da Cidade de São Paulo nas unidades educacionais

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    Porcentagem de supervisores, diretores e CPs da RME concluintes de ações de formação para a implementação do Currículo da Cidade de São Paulo

    Status da Linha de Ação
    Em andamento

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Desempenho do Indicador N/A 0,0% 0,0% 5,8% - 100%

    Último dado disponível: março/2018
    Última atualização: julho/2018


  • 23.4 Alinhar as ações de formação da Rede Municipal de Ensino ao Currículo da Cidade de São Paulo

    Regionalização
    Suprarregional

    Marco
    Formalização do alinhamento ao Currículo da Cidade de São Paulo como pré-requisito para aprovação de propostas de ações de formação

    Status da Linha de Ação
    Concluída

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018


  • 23.5 Alinhar as avaliações externas ao Currículo da Cidade de São Paulo

    Regionalização
    Suprarregional

    Marco
    Matriz curricular e itens das avaliações externas alinhados ao currículo construído

    Previsão Inicial
    2º Semestre de 2018

    Status da Linha de Ação
    No prazo

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018


  • 23.6 Implementar o letramento digital em todas as unidades educacionais de ensino fundamental

    Regionalização
    Regionalizável

    Descrição do Indicador
    Percentual de POIEs do EF formados para trabalhar a partir do pensamento computacional (letramento digital, tecnologia da informação e comunicação e linguagem de programação)

    Status da Linha de Ação
    Em andamento

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Desempenho do Indicador N/A 0,0% 0,0% 100% - 100,0%

    Último dado disponível: julho/2018
    Última atualização: julho/2018


    2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva 0 0 100,0% - 100,0%
    Butantã 0 0 100,0% - 100,0%
    Campo Limpo 0 0 100,0% - 100,0%
    Capela do Socorro 0 0 100,0% - 100,0%
    Casa Verde 0 0 100,0% - 100,0%
    Cidade Ademar 0 0 100,0% - 100,0%
    Cidade Tiradentes 0 0 100,0% - 100,0%
    Ermelino Matarazzo 0 0 100,0% - 100,0%
    Freguesia/Brasilândia 0 0 100,0% - 100,0%
    Guaianases 0 0 100,0% - 100,0%
    Ipiranga 0 0 100,0% - 100,0%
    Itaim Paulista 0 0 100,0% - 100,0%
    Itaquera 0 0 100,0% - 100,0%
    Jabaquara 0 0 100,0% - 100,0%
    Jaçanã/Tremembé 0 0 100,0% - 100,0%
    Lapa 0 0 100,0% - 100,0%
    M'Boi Mirim 0 0 100,0% - 100,0%
    Mooca 0 0 100,0% - 100,0%
    Parelheiros 0 0 100,0% - 100,0%
    Penha 0 0 100,0% - 100,0%
    Perus 0 0 100,0% - 100,0%
    Pinheiros 0 0 100,0% - 100,0%
    Pirituba/Jaraguá 0 0 100,0% - 100,0%
    Santana/Tucuruvi 0 0 100,0% - 100,0%
    Santo Amaro 0 0 100,0% - 100,0%
    São Mateus 0 0 100,0% - 100,0%
    São Miguel Paulista 0 0 100,0% - 100,0%
    Sapopemba 0 0 100,0% - 100,0%
    0 0 100,0% - 100,0%
    Vila Maria/Vila Guilherme 0 0 100,0% - 100,0%
    Vila Mariana 0 0 100,0% - 100,0%
    Vila Prudente 0 0 100,0% - 100,0%
    A definir -

    Último dado disponível: -
    Última atualização: julho/2018

Informações Adicionais
julho/2018

A partir da atualização e do lançamento do Currículo da Cidade – Ensino Fundamental no fim do ano 2017, as ações planejadas e em andamento a partir de 2018 têm o objetivo de contribuir com a implementação deste Currículo em todas as Unidades Educacionais da Cidade, orientando, de fato, o trabalho na escola e, mais especificamente, as situações de ensino-aprendizagem. A implementação do Currículo está estruturada em três eixos: elaboração e disponibilização de materiais curriculares, atualização das Matrizes de Referência para Avaliação do Ensino Fundamental e oferta de formação continuada aos profissionais da Rede Municipal de Ensino.

Durante o primeiro semestre de 2018 foram distribuídos os seguintes materiais curriculares, que oferecem subsídios ao trabalho dos docentes e gestores de escola, apoiando as atividades diárias com os estudantes: Cadernos da Cidade (materiais de apoio aos alunos), Cadernos da Cidade volume do professor; Orientações Didáticas do Currículo da Cidade, voltadas aos professores do Ensino Fundamental e, também, um volume de Orientações Didáticas destinado aos coordenadores pedagógicos.

A partir das discussões realizadas sobre a proposta curricular, será atualizada a matriz de avaliação e, posteriormente, o banco de itens utilizado nas avaliações voltadas ao Ensino Fundamental. Busca-se, assim, que as avaliações possam captar os avanços e desafios no processo de ensino-aprendizagem com a implementação do currículo atualizado.

A formação continuada dos profissionais da Rede também integra o esforço de implementação do Currículo. No início de 2018 foi publicado o Edital que orienta a oferta de cursos e eventos formativos tanto em âmbito da própria Secretaria Municipal de Educação, como das Diretorias Regionais de Educação (DREs) e das instituições credenciadas como parceiras da SME, alinhado ao novo documento curricular.

janeiro/2018

O Currículo da Cidade - Ensino Fundamental foi atualizado ao longo do ano de 2017 e lançado no dia 15/12/2017. Sua construção contou com Grupos de Trabalho formados por cerca de 200 professores e especialistas, foi debatido por mais de 4,7 mil grupos com um total de 16 mil professores nas escolas e recebeu mais de 9 mil sugestões.O Currículo está organizado em quatro Áreas do Conhecimento e oito Componentes Curriculares. São eles: Linguagens (Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Arte e Educação Física), Matemática (Matemática), Ciências da Natureza (Ciências Naturais) e Ciências Humanas (Geografia e História). Além dessas áreas do Conhecimento e Componentes Curriculares, o documento apresenta um currículo de Tecnologias para Aprendizagem.Para sua implantação serão disponibilizados, a partir do início do ano letivo, cadernos de Orientações Didáticas e materiais didáticos, que complementam as discussões do currículo e apoiam as atividades diárias com os estudantes, além da oferta de formação continuada aos profissionais da Rede Municipal de Ensino e alinhamento dos itens e da matriz das avaliações externas ao currículo atualizado.