• Ficha TécnicaVer detalhes

    Nome descritivo

    Implementar sistema de incentivo à adoção de politicas afirmativas da força de trabalho no setor privado.

    Situação encontrada

    Das 200 principais empresas fornecedoras da Prefeitura de São Paulo em 2015, apenas 8% afirmaram possuir políticas de promoção de igualdade de oportunidades entre negros e não negros no seu quadro de funcionários. Em média, apenas 17% afirmaram que possuem algum tipo de política afirmativa para promoção da igualdade de oportunidades entre mulheres e homens no quadro de funcionários. Apenas 10% apontavam possuir políticas com metas e ações planejadas para incentivo à participação de mulheres na força de trabalho em qualquer um dos níveis hierárquicos. Menos de 20% indicaram que já haviam feito alguma ação pontual a respeito (Fonte: Pesquisa Instituto ETHOS, Perfil Social, Racial e de Gênero dos 200 Principais Fornecedores da Prefeitura de São Paulo). Além disso, há dificuldade de inserção profissional da população trans e/ou de pessoas em situação de rua.

    Resultados esperados

    Espera-se que grupos em situação de vulnerabilidade tenham mais oportunidades de inclusão na força de trabalho no setor privado e sejam beneficiários de ações de promoção de diversidade.

    Orçamento

    Recursos próprios Outros recursos
    Investimento R$ 0,0 milhões R$ 0,0 milhões
    Custeio R$ 1,4 milhões R$ 0,0 milhões
  • Execução OrçamentáriaVer detalhes

    Execução Orçamentária – 2017

    Recursos próprios Outros recursos Total
    Investimento R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões
    Custeio R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões
    Total R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões

    Para informações sobre os critérios para apuração da execução orçamentária, clique aqui.

    Informações Adicionais

    julho/2018

    Com relação ao Projeto 32 - Selo de Direitos Humanos e Diversidade, as atividades realizadas em 2017 foram majoritariamente de planejamento interno, já que as principais entregas serão feitas em 2018, e não requisitaram nenhuma execução orçamentária. Além disso, em 12 de dezembro de 2017, foi firmado o Termo de Doação SMDHC 013 de 2017 com a MGN Consultoria, com vistas à elaboração do Guia do Selo e construção do site do projeto, entre outros.

Linhas de Ação
  • 32.1 Criar os critérios para o Selo Voluntário Municipal de Direitos Humanos e Diversidade para Empresas.

    Regionalização
    Marco

    Marco
    Guia do Selo Voluntário Municipal de Direitos Humanos e Diversidade para Empresas publicado.

    Status da Linha de Ação
    Concluída

    Último dado disponível: -
    Última atualização: julho/2018


  • 32.2 Realizar chamada pública para fomento e incentivo de parceiros para adoção do selo anualmente (2018, 2019 e 2020).

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    Número de empresas que aderiram ao modelo de políticas afirmativas na força de trabalho

    Previsão Inicial
    Primeiro resultado disponível no 2º semestre de 2018

    Status da Linha de Ação
    No prazo

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados Não aplicável - 150
    Valores por perí­odo - -

    Último dado disponível: julho/2018
    Última atualização: julho/2018


  • 32.3 Realizar diagnóstico do potencial de empregabilidade que o selo pode gerar com instituto de pesquisa parceiro.

    Regionalização
    Marco

    Descrição do Indicador
    Diagnóstico realizado

    Previsão Inicial
    2º Semestre de 2019

    Status da Linha de Ação
    No prazo

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados 0 -
    Valores por perí­odo - -

    Último dado disponível: março/2018
    Última atualização: julho/2018


  • 32.4 Realizar evento anual sobre direitos humanos e diversidade para divulgação do selo e fomento da cultura de direitos humanos nas empresas de forma voluntária.

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    Nº de eventos realizados

    Status da Linha de Ação
    Em andamento

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados N/A 0 0 1 - 4
    Valores por perí­odo - 0 0 1 -

    Último dado disponível: junho/2018
    Última atualização: julho/2018


  • 32.5 Realizar anualmente concurso de inscrição para empresas candidatas ao selo.

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    Nº de concursos realizados

    Previsão Inicial
    Primeiro resultado disponível no 2º semestre de 2018

    Status da Linha de Ação
    No prazo

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados Não aplicável - 4
    Valores por perí­odo - -

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: julho/2018


  • 32.6 Definir e formar rede de acompanhamento das empresas aderentes ao selo.

    Regionalização
    Marco

    Descrição do Indicador
    Rede articulada

    Previsão Inicial
    1º Semestre de 2019

    Status da Linha de Ação
    No prazo

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados 0 -
    Valores por perí­odo - -

    Último dado disponível: -
    Última atualização: julho/2018


Informações Adicionais
julho/2018

Iniciativa de Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, o Selo de Direitos Humanos e Diversidade é uma política de reconhecimento de boas práticas de inclusão, gestão e promoção dos direitos humanos e da diversidade em organizações privadas, públicas e do terceiro setor.No primeiro semestre de 2018, o Selo foi instituído pelo decreto nº 58.180 e regulamentado pela portaria 78/SMDHC. Em junho de 2018, lançou-se a primeira edição do programa durante evento realizado com o prefeito de São Paulo e que contou com um painel sobre Diversidade nas Organizações, composto por executivos de associações comerciais e especialistas em diversidade. Na ocasião, foram abertas as inscrições por meio do Edital 10/SMDHC e lançado o site (http://www.selodireitoshumanos.com.br/) do programa. As próximas etapas serão a seleção das melhores iniciativas, sua premiação - prevista para outubro de 2018 - e o início dos trabalhos da Rede de Acompanhamento, um espaço para troca de experiências entre as empresas reconhecidas, agentes públicos e especialistas atuantes no tema..

janeiro/2018
O projeto 32 – Selo de Direitos Humanos e Diversidade - tem suas primeiras entregas previstas para 2018. A fim de garantir essas entregas, as ações realizadas em 2017 concentraram-se no desenho da política. Foi realizado um mapeamento de iniciativas públicas e privadas de incentivo à inclusão. Além disso, as coordenações finalísticas da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) foram envolvidas no levantamento de critérios e princípios do Selo. A fim de apoiar o desenho e a implementação do Selo, uma parceria foi formalizada com a Consultoria MGN Ltda, por meio do Termo de Doação SMDHC/013/2017. Essa parceria tem como entregas previstas para o primeiro semestre de 2018: o desenvolvimento de uma landing page e a elaboração de conteúdo e design do Guia do Selo para empresas. O primeiro edital para chamamento público está com o lançamento previsto também para o primeiro semestre de 2018, com sua premiação para o segundo semestre do mesmo ano.