• Ficha TécnicaVer detalhes

    Nome descritivo

    Nomeação de funcionários para controlar gastos operacionais.

    Situação encontrada

    Muitos gastos operacionais da Prefeitura são realizados sem planejamento, sem informações comparativas com demais entes e sem correta análise de custo-benefício. Como historicamente a atenção sobre tais gastos é relativamente baixa, eles permanecem ocorrendo sem a incorporação de potenciais ganhos. É o caso emblemático das locações de veículos, que já poderiam ter sido substituídas por serviços de táxi, ou os gastos com aluguel, que podem se beneficiar de uma atuação concentrada provendo uma melhor alocação das equipes de trabalho. Temos pontos de possível otimização de recursos na cidade, visto que tais atividades são operacionais e acabam, na prática, retirando recursos que poderiam ir para áreas-fim da cidade, como educação, saúde e segurança.

    Resultados esperados

    A chegada dos gestores da economia trará responsabilização dos gastos às Secretarias, permitindo uma visão holística das despesas e um controle minucioso dos gastos não diretamente associados com os serviços prestados aos cidadãos. Espera-se instituir modelos mais qualificados que gerem maior economia das despesas operacionais da Prefeitura e institucionalizar a cultura de zelo ao gasto público. Tal mudança de paradigma ajudará a Prefeitura em tempos de restrição orçamentária, contribuindo para que os serviços diretos ao cidadão não sejam prejudicados.

    Orçamento

    Recursos próprios Outros recursos
    Investimento R$ 2,0 milhões R$ 2,0 milhões
    Custeio R$ 0,1 milhões R$ 0,0 milhões
  • Execução OrçamentáriaVer detalhes

    Execução Orçamentária – 2017

    Recursos próprios Outros recursos Total
    Investimento R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões
    Custeio R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões
    Total R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões R$ 0,000 milhões

    Para informações sobre os critérios para apuração da execução orçamentária, clique aqui.

    Informações Adicionais

    julho/2018

    O Programa Gestores da Economia se baseia unicamente na gestão, acompanhamento e controle das despesas operacionais indiretas dos órgãos orçamentários ligados à PMSP. Deste modo, não foi executada nenhuma despesa financeira ligada a esse programa. 

Linhas de Ação
  • 63.1 Instituir Programa dos Gestores da Economia

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    % de Secretarias e Prefeituras Regionais com Gestores da Economia nomeados

    Status da Linha de Ação
    Em andamento

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Desempenho do Indicador 0 93.9% 99.2% 82.6% - 100%

    Último dado disponível: junho/2018
    Última atualização: julho/2018


  • 63.2 Instituir Mudança no Serviço de Transporte de Pessoal

    Regionalização
    Suprarregional

    Marco
    Mudança no Serviço Instituída

    Previsão Inicial
    2º Semestre de 2018

    Status da Linha de Ação
    No prazo

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018


  • 63.3 Entregar estudo sobre as contratações dos serviços de limpeza e vigilância na cidade

    Regionalização
    Suprarregional

    Marco
    Entrega de estudos de limpeza e vigilância

    Status da Linha de Ação
    Concluída

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018


  • 63.4 Economizar pelo menos R$ 1 milhão em suprimentos por meio de Atas de Preço e Termos de Referência Padrão

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    Despesas com Bens e Suprimentos Comuns

    Status da Linha de Ação
    Em andamento

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados R$ 24,3 milhões R$ 7,8 milhões R$ 13,2 milhões R$ 5,7 milhões - R$ 23,1 milhões
    Valores por perí­odo - R$ 7,8 milhões R$ 5,4 milhões R$ 5,7 milhões -

    Último dado disponível: janeiro/2018
    Última atualização: julho/2018


  • 63.5 Reduzir em pelo menos 20% os Despesas com locação de imóveis na cidade

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    Despesas com Locação de Imóveis

    Status da Linha de Ação
    Em andamento

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados R$ 134 milhões R$ 105,5 milhões R$ 127,4 milhões R$ 118,9 milhões -  -27% (chegando a R$ 97 milhões)
    Valores por perí­odo - R$ 105,5 milhões R$ 21,9 milhões R$ 118,9 milhões -

    Último dado disponível: junho/2018
    Última atualização: julho/2018


  • 63.6 Migrar o Diário Oficial para formato eletrônico

    Regionalização
    Suprarregional

    Marco
    Migração do Diário Oficial para o formato eletrônico

    Status da Linha de Ação
    Concluída

    Último dado disponível: -
    Última atualização: abril/2018


  • 63.7 Rever a Tabela de Temporalidade (Arquivo)

    Regionalização
    Suprarregional

    Marco
    Revisão da Tabela de Temporalidade

    Previsão Inicial
    2º Semestre de 2018

    Status da Linha de Ação
    No prazo

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018


  • 63.8 Instituir Sistema de Suprimentos, Serviços e Gestão de Despesas

    Regionalização
    Suprarregional

    Marco
    Sistema Instituído

    Previsão Inicial
    2º Semestre de 2020

    Status da Linha de Ação
    No prazo

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018


Informações Adicionais
julho/2018

A diminuição do número de Gestores da Economia nomeados (Linha de Ação 63.1) deve-se principalmente a alta rotatividade dos funcionários da Prefeitura.

Em relação aos valores divulgados para as Linhas de Ação 63.4 e 63.5 (Redução nas Despesas Com Suprimentos/Locação de Imóveis, respectivamente) podem sofrer pequenas alterações com o passar do tempo (em torno de 1%) em razão da atualização na taxa de inflação (que só é divulgada de forma consolidada após 12 meses). ou por atualização no sistema de contas da Secretaria da Fazenda. Com esta atualização, o Valor-Base da Linha de Ação 63.5 seria de R$ 140 milhões, e não de R$ 136 milhões, como originalmente publicado.

Especificamente em relação às locações de imóveis, a Prefeitura tem se esforçado para a contenção dos gastos com contratos desta natureza. Em 2017 e 2018 a Secretaria da Fazenda realizou diversas renegociações de contratos; no entanto, os resultados não serão observados imediatamente, ainda que possibilitem economias expressivas no longo prazo.

janeiro/2018
O Programa Gestores da Economia, instituído pelo Decreto Municipal 57.640/2017, determina a adoção de medidas para a redução expressiva das despesas de custeio aprovadas em lei orçamentária.

As metas globais são de redução no gasto com custeio de 7% para 2017, 7% para 2018, 15% para 2019 e 20% para 2020. Ademais, há metas específicas para as linhas de ação

A meta global de 7% para 2017, no que concerne ao conjunto de despesas abrangidas pelo projeto, foi atingida e excedida nos dois semestres de apuração dos valores (31,54% no 1º semestre e 13,88% no 2º semestre). A boa performance do indicador pode ser explicada pelos esforços de todas as secretarias no sentido de cumprir as determinações de reduções de gastos. Trata-se, portanto, de um resultado impulsionado pela renegociação de contratos e pela racionalização do gasto público, bem como pelo esforço das secretarias-meio em apoiar essas iniciativas.

A linha de ação “Instituir Programa dos Gestores da Economia” está praticamente completa, faltando apenas nomeações residuais de gestores de unidade.

A linha de ação “Reduzir em pelo menos 20% as Despesas com locação de imóveis na cidade” foi parcialmente atingida no 1º semestre e plenamente atingida no 2º semestre, implicando um resultado satisfatório do indicador para o ano de 2017, fruto da renegociação de contratos junto aos proprietários, bem como realocação de repartições para outros imóveis.

A linha de ação “Economizar pelo menos R$ 1 milhão em suprimentos por meio de Atas de Preço e Termos de Referência Padrão” teve um excelente desempenho e foi largamente excedida, de modo que se infere que, possivelmente, a meta inicial havia sido subdimensionada.

A linha de ação “Migração do Diário Oficial para formato eletrônico” foi efetuada dentro do prazo.